segunda-feira, 20 de abril de 2020

Grupo rompe isolamento para contrabandear 1,5 tonelada de alimentos para o Paraguai

Giro Icaraíma 
20/04/2020

Em patrulhamento nas margens do Rio Paraná, os policiais conseguiram deter quatro brasileiros, um paraguaio com documentação brasileira e 11 nacionais paraguaios


Policiais Federais e da Força Nacional de Segurança Pública, fizeram na noite de sexta-feira (17), por volta das 23h, a apreensão de produtos alimentícios que eram transportados clandestinamente entre o Brasil e o Paraguai.

Em patrulhamento nas margens do Rio Paraná, na área urbana de Foz do Iguaçu, os policiais conseguiram deter quatro brasileiros, um paraguaio com documentação brasileira e 11 nacionais paraguaios, os quais estavam carregando e transportando para o território paraguaio produtos alimentícios (ovos, açúcar, óleo, salsichas, feijão etc) no Porto clandestino denominado “ Escadinha”.

Os detidos além de estarem efetuando a passagem de mercadorias por Porto não oficial, desobedeceram o isolamento sanitário imposto pelo Brasil e Paraguai. Os nacionais paraguaios atravessaram o Rio Paraná com embarcações e outros meios e adentraram em território brasileiro de forma irregular. Um veículo e uma carreta pequena engatada também foram apreendidos no local, já que estava fazendo o transporte da carga de alimentos.

Estima-se que carga ultrapasse 1 tonelada e meia de produtos alimentícios. Diante desses fatos as mercadorias e veículo foram encaminhados a Alfândega da Receita Federal para as providências cabíveis e os 11 nacionais paraguaios foram levados a Ponte da Amizade para trâmites migratórios e entregues as autoridades paraguaias.

A carga de produtos alimentícios apreendida destinava-se a um depósito em território Paraguai onde seria comercializada. Os nacionais paraguaios tinham a função de carregadores.


Fonte: Bem Paraná