quarta-feira, 17 de abril de 2019

PRF apreende duas carretas com cargas de cigarros avaliadas em R$ 4 milhões

17 de abril de 2019


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu em Ibiporã, na tarde de terça-feira (16), cerca de 800 mil carteiras de cigarro. Avaliada em aproximadamente R$ 4 milhões, a carga contrabandeada do Paraguai era transportada em duas carretas, que transitavam pela BR-369, sendo uma com emplacamento de Umuarama e outra de Alto Paraíso.
De acordo com a PRF, as duas carretas se deslocavam aparentemente juntas na rodovia. Ao serem abordados, os condutores abandonaram as carretas e empreenderam fuga a pé em área de mata próxima. Um deles foi alcançado e o outro continua foragido.
As carretas estavam carregadas de cigarros do Paraguai (cerca de 40 mil pacotes cada) e teriam como destino a cidade de São Paulo, segundo o condutor preso de 42 anos. Ele também informou à equipe que receberia R$ 5.000, pelo transporte do contrabando.
O homem que fugiu já foi identificado e continua foragido até o momento. O outro foi preso em flagrante pelo crime de contrabando e encaminhado para a Polícia Federal de Londrina e os veículos para a Receita Federal da mesma cidade. Os nomes dos condutores não foram informados pela PRF. Os dois seriam moradores de Umuarama.
A estimativa de valor de cada carreta é de R$ 1 milhão.






Rebite
No bolso de um do caminhoneiro preso, os agentes da PRF encontraram uma cartela de 15 comprimidos – com dois deles já utilizados – de um tipo de anfetamina conhecida popularmente como ‘rebite’. O medicamento é utilizado para prolongar o tempo de direção em rodovias, prática ilegal que aumenta o risco de acidentes.