segunda-feira, 22 de abril de 2019

Polícia Militar procura acusado de estuprar cadela no distrito de Lovat

O animal entrou em óbito após sofrer a violência
22/04/2019

Uma cadela morreu, na tarde de domingo (21), após supostamente ter sido estuprada por um homem, no distrito de Lovat, em Umuarama.

A Polícia Militar esteve no local após receber denúncias dos moradores da região. Quando os policiais chegaram para atender a ocorrência a cadela estava morta e o homem acusado do crime havia fugido do local.

Os representantes da Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama (Saau) também receberam notificações para ir à localidade, mas, conforme a presidente da entidade, Ana Polaquini, não havia mais o que poderia ser feito para reabilitar a cadela, que já estava sem vida.
De acordo com a PM, a cadela foi enterrada em um local escondido que, ainda não foi descoberto. Até o momento, a Polícia Militar não conseguiu localizar o acusado pelo estupro. Porém, a PM diz saber a identidade do homem, conhecido como Paraguaio e que ele morava junto com a tutora da cadela.

Fonte OBemdito