segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

IAP estima que 50 mil quilos de peixes morreram no Rio Piquiri



O IAP realizou levantamentos em boa extensão do Rio em busca da identificação do problemaO IAP (Instituto Ambiental do Paraná) segue investigando as mortes de peixes no Rio Piquiri em Nova Aurora. Desde a semana passada moradores registram imagens dos animais boiando às margens do rio. 

O IAP realizou levantamentos em boa extensão do Rio em busca da identificação do problema. A equipe encontrou dificuldades pois o Rio é bastante extenso, mas acredita que os peixes morreram por contaminação. 
Dois locais estão sendo observados suspeitos de despejar no rio rejeitos de cooperativas. Até o momento nenhuma empresa foi notificada, mas já receberam a visita dos agentes que orientaram sobre os procedimentos corretos. 
A estimativa é que a contaminação tenha matado 50 mil quilos de peixes no Rio Piquiri. Para evitar o risco de contaminação com seres humanos, a pesca no trecho deve ser proibida até que o problema seja identificado e corrigido.
Fonte: