sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Confronto na fronteira da Venezuela com Brasil deixa 2 mortos, diz oposição...





Ao menos duas pessoas morreram na fronteira entre Brasil e Venezuela hoje durante confrontos com forças de segurança do ditador Nicolás Maduro. A fronteira está fechada desde a noite de ontem por ordem de Maduro, e a região de Santa Elena do Uairén teve o efetivo militar reforçado nos últimos dias para evitar a entrega da ajuda humanitária. Ao menos 12 pessoas ficaram feridas a imprensa venezuelana afirma que este número pode chegar a 22.

Segundo autoridades, os mortos são da comunidade indígena Kumaracapay. A primeira morte foi confirmada pelo presidente interino, Juan Guaidó: a indígena Zoraida Rodriguez. Segundo Guaidó, dois soldados dispararam contra indígenas que protestava em um posto de controle em apoio à entrada das doações. A segunda vítima é Rolando García, segundo confirmaram os deputados opositores Americo de Grazia e Jose Guerra.