terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Alienação de veículo da Câmara pagará climatização dos CMEIs



A Prefeitura de Umuarama recebeu da Câmara de Vereadores a devolução do veículo GM Captiva AWD ano 2011, que era de uso exclusivo da presidência do Legislativo e volta a compor a frota patrimoniada do Executivo.
O veículo havia sido doado pela Prefeitura. Porém, o prefeito Celso Pozzobom não poderá seguir a recomendação do presidente da Câmara,  Noel do Pão, através do oficio nº 43/2019, de que o veículo seja alienado e os recursos obtidos sejam destinados à compra de ambulância para atendimento aos distritos.
O valor de mercado do carro é incompatível com o preço de uma ambulância nova, por mais simples que seja. O prefeito solicitou levantamento de valores e foi apurado que o preço de mercado do automóvel, conforme a tabela Fipe, é de R$ 43.342,00 enquanto uma ambulância grande custa hoje em torno de R$ 160 mil e uma menor, modelo GM Montana, é cotada na casa dos R$ 80 mil.
Desde o início da atual gestão, a Prefeitura já adquiriu ou recebeu do governo federal e estadual sete novas ambulâncias, sendo duas master, três vans e duas do modelo Montana – uma delas, inclusive, foi destinada ao distrito de Santa Eliza. No total, a Secretaria de Saúde conta com 14 ambulâncias transportando pacientes nos distritos, no Pronto Atendimento e nas unidades básicas de saúde, quando necessário. Roberto Silveira é o único distrito ainda sem ambulância, mas o município está adequando um veículo para essa função.
“Como o valor da Captiva não comporta a recomendação, agradecemos a sugestão do vereador e reconhecemos sua preocupação, porém vamos colocar o veículo em leilão e destinar os recursos arrecadados para a compra de condicionadores de ar, que serão instalados em Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs)”, informou Pozzobom.
“Vamos aproveitar esses recursos para dar mais conforto às crianças nas nossas creches. Hoje elas contam apenas com ventiladores para dissipar o calor do verão e com o ar-condicionado terão muito mais conforto durante o período que passam na educação infantil”, completou o prefeito.
Fonte OBemdito