sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Garoto de 11 anos diz que foi abusado pelo avô de criação


Um garoto de apenas 11 anos afirma ter passado por momentos de pânico na noite desta quinta-feira (6), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. 
Ele diz ter sofrido abuso sexual do avô de criação e, após isso, enviou mensagens desesperadas para a mãe. A criança realizou exames no hospital e a polícia investiga. O avô está desaparecido.
O menino está habituado a ficar na casa dos pais do padrasto, seus avós de criação, desde muito pequeno, e nunca nada de anormal teria acontecido. 
“Deixei meu filho na casa da minha sogra e do meu sogro e fui fazer um curso com meu marido, como sempre. Então, meu menino começou a me mandar mensagens e dizia que queria falar pessoalmente. Quando o encontrei, ele me falou que o meu sogro mexeu com ele. Eu fui para cima e ele (sogro) fugiu”, descreveu a mãe. 
O pai do menino contou detalhes do abuso. “Meu filho contou que estava fazendo lição de casa e cansou. Então foi para o quarto mexer no celular e o avô começou a fazer cócegas e ele entendeu como uma brincadeira. De repente, ele baixou as calças e começou o abuso”, lamentou.
A mãe nunca imaginou que algo assim pudesse acontecer. “Uma pessoa que convive com meu filho desde pequeno. Eu nunca esperava isso, ainda mais dele. Agora a gente quer que ele vá para a cadeia”, desabafou. 

A família já fez Boletim de Ocorrência e o garoto fez exames no Hospital Pequeno Príncipe. A Polícia Civil investiga o caso.
Fonte OBemdito